"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Como fazer Cronograma Capilar


Fazer cronograma capilar é uma sequência de tratamentos que oferecem a nutrição, hidratação e a reconstrução para fios 100% saudáveis.

Cada etapa do cronograma capilar tem um objetivo:

A nutrição é a responsável pela proteção do cabelo contra as agressões diárias que causam o ressecamento, o frizz e o enfraquecimento da fibra capilar. Seu objetivo é repor a camada lipídica que o cabelo já tem naturalmente com a oleosidade, formada por ácidos graxos, que conservam as cutículas alinhadas e fechadas e impede a perda da hidratação pelo córtex.

A hidratação é a estrela dos cabelos com a elasticidade em dia, macios, com balanço e, claro, livres do ressecamento. O córtex capilar, a parte mais interna dos fios, é o grande beneficiado por ela, já que a água natural garante a flexibilidade contra a quebra, a maleabilidade e a agradável sensação de maciez que sentimos quando mexemos no cabelo.

Já a reconstrução é o salvadora dos fios que tenham perdido massa e estejam quebradiços e afinados por conta de processos químicos, como alisamentos, colorações e descolorações, uso frequente de secador e chapinha, exposição ao sol, etc. Com a reposição de proteínas, a reconstrução capilar devolve a força contra a quebra e torna o cabelo mais encorpado.

Dica da Beleza
A nutrição capilar também é conhecida como umectação por conservar a umidade natural do cabelo por mais tempo.

Resumindo, todas elas são inseparáveis quando o assunto é ter um cabelo amplamente bem cuidado. Não adianta repor a hidratação se os fios estão fracos e sem a nutrição necessária para conservar a umidade natural, por exemplo.

Agora que você já sabe a importância de cada passo do cronograma capilar, aprenda a segui-lo em casa!

1º Passo: Identifique a necessidade do seu cabelo
Antes de começar a fazer o cronograma capilar, é preciso compreender o que seu cabelo pede. Se ele embaraça com facilidade, está com muitos fios arrepiados e sem brilho, ele precisa de mais etapas de nutrição.

Se o caso for ressecamento, falta de movimento e aspereza ao toque, ele precisa de mais sessões de hidratação.

Se ele tiver sofrido alguma agressão recentemente, estiver quebradiço e com menos densidade, é hora de investir na reconstrução

2º Passo: Escolha os produtos corretos para o cronograma capilar
É muito importante selecionar os ativos presentes nos cosméticos para obter todos os efeitos do cronograma capilar.

Na hidratação, é essencial que a máscara utilizada seja formulada com ingredientes que devolvam a umidade natural dos fios. Alguns deles: vitamina B5 (também conhecida como pantenol), aloe vera, gérmen de trigo, ácido hialurônico, glicerina, lanolina, algas marinhas, etc.

Para a nutrição, prefira as fórmulas à base de óleos vegetais extraídos de frutas, sementes e plantas, que são ricos em ácidos graxos, vitaminas A e E e ômegas 3, 6 e 9, que protegem o cabelo das agressões diárias com o fechamento das cutículas. Os mais utilizados são os óleos de argan, macadâmia, karitê, ojon, abacate, coco, oliva, além das ceramidas, que reforçam o cimento intracelular que selam as cutículas.

Na hora de fazer a reconstrução, invista nas máscaras com proteínas e aminoácidos, os elementos que compõem a fibra capilar naturalmente e que devolvem a massa e fortalecem os fios contra a quebra. A proteína mais conhecida e presente no cabelo é a queratina. Use também a sericina, proteínas vegetais, peptídeos e o ácido lático.

3º Passo: Faça uma agenda mensal de tratamento
Programe-se para fazer os tratamentos que o seu cabelo mais precisa de forma que um complemente o outro. Sempre comece pela hidratação.

O cronograma capilar tradicional estabelece 8 hidratações, 6 nutrições e 1 reconstrução por mês. Mas caso seu cabelo precise mais de nutrição que hidratação, por exemplo, você pode aumentar o número de uma e reduzir o da outra.

Dica da Beleza
É muito importante fazer uma pausa de 48 horas entre um tratamento e outro para que os ativos interajam com os fios.

A única observação é em relação à reconstrução: para cabelos que não estejam tão danificados, uma sessão por mês é o ideal. Caso ele esteja profundamente fragilizado, faça, no máximo, a cada 15 dias. Caso contrário, os fios ficarão muito enrijecidos e correm o mesmo risco que a reconstrução tem o objetivo de combater: a quebra.

Com um tratamento completo de cronograma capilar, seu cabelo ficará reconstruído, hidratado e nutrido de uma só vez e com a saúde em dia.

Fonte: Beleza na web


0 comentários: