"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Amarelou!


Meninas, hoje aqui no Rio está um lindo dia de sol. E quando tem um sol desses , dá vontade de colocar uma cor bem clara, alegre e sair para curtir a vida. E o amarelo tem esse poder da alegria. Então separei alguns looks para nossa inspiração.







Suco Detox


Começar o dia com um copo de suco verde, também conhecidos como sucos desintoxicantes, ajuda a limpar o organismo e a ter mais disposição para começar o dia. Mas o que muita gente não sabe é que o café da manhã não é o único momento em que esse tipo de suco pode ser consumido.

A dieta detox ajuda a eliminar as toxinas do corpo, desinchar, além de combater alguns sintomas como cansaço, sono, mau humor e dores de cabeça, ajudar no bom funcionamento do intestino e melhorar até mesmo pele, unhas e cabelos. Por isso ela vem ganhando cada vez mais adeptos.( isso que estou precisando e urgente)

E os sucos detox são o carro-chefe desse tipo de alimentação. Eles devem ser feitos com ingredientes que auxiliam diretamente o fígado, órgão responsável pela “limpeza” interna do corpo. Os mais indicados são os cítricos, como limão, laranja, kiwi, acerola e abacaxi; os ricos em água, como a melancia; e os que possuem ação digestiva e facilitam o metabolismo, como gengibre, berinjela e couve.

Melhores ingredientes

Alguns ingredientes importantes não devem falar, como por exemplo, a couve,  a água de coco e o pepino, que são ricos em potássio e ajudam a desinchar.

Já a berinjela, a ameixa e a linhaça têm características anti-inflamatórias, são ricas em gorduras monoinsaturadas e antioxidantes. E a cenoura, a beterraba, a manga e o morango são fotoprotetores.

Para completar, frutas mais doces ajudam a dar mais sabor à bebida. As mais indicadas são melão, melancia, laranja e pêssego são diuréticos e dão sabor mais doce e palatável à bebida.

Receitas de suco detox

Suco desintoxicante de couve e limão

Bata no liquidificador uma folha de couve, suco de ½ limão, um pedaço pequeno de pepino sem casca e sem semente, uma maçã vermelha sem casca e 150 ml (cerca um copo) de água de coco. Beba gelado.

Suco Detox de Couve com Gengibre

Ingredientes:

3 folhas de couve bem lavadas;
2 laranjas descascadas;
1 pedaço de gengibre;
1 litro de água;

Modo de Preparo:
Corte as laranjas em pedaços e retire as sementes, em seguida coloque as laranjas no liquidificador junto com as couves lavadas (com talo), adicione o pedaço de gengibre o 1 litro de água e bata tudo. Depois é só coar e servir bem gelado.


Dica de dieta
É sempre importante lembrar que os sucos detox não devem substituir nenhuma refeição principal do dia, e sim consumidos nos intervalos e lanches. Havendo qualquer dúvida, um profissional deverá ser consultado.

Dicas para Escolher o seu Creme anti idade



Eles são os queridinhos das mulheres que desejam uma pele sempre jovem, sem rugas, marcas de expressão e bigode chinês, sinais que indicam o envelhecimento cutâneo. Mas quem faz as mulheres perderem o sono ainda são as rugas, especialmente naquelas que estão entrando na casa dos 50 anos. Para 31% delas, por exemplo, o envelhecimento é o maior dilema e 27% já andam inquietas com as marcas do tempo.

A PARTIR DE QUANDO SE DEVE COMEÇAR A USAR OS ANTI-IDADES?

A nossa pele começa a perder 1% de colágeno ao ano a partir dos 21 anos de idade, mas o ideal é começar a se preocupar com os sinais do tempo por volta dos 30 anos. “Quem está na fase dos 20 aos 25 anos deve optar por cremes hidratantes, a base de vitamina C, deixando os cremes mais concentrados quando atingir os 40 anos”.

A médica ainda revela que 80% do envelhecimento da pele é provocado pelo sol e 20% depende da genética de cada pessoa. “Por isso, há necessidade de usar protetor solar em qualquer fase da vida com o objetivo de retardar o envelhecimento da pele. Lembrando que o filtro solar pode ser usado a partir dos seis meses de idade”.

SELECIONAMOS ALGUNS ATIVOS QUE NÃO PODEM FALTAR NO SEU CREME ANTI-IDADE

Ácido retinoico e retinol

Esses ácidos são derivados da vitamina A e apresentam um número maior de comprovações científicas. “O retinoico é reconhecido pelo FDA (órgão americano que é responsável pela regulamentação de remédios e alimentos) e possui uma ação antienvelhecimento. Os cremes com retinoico devem ser usados a partir dos 30 anos”, indica Tatiana.
O ácido provoca uma esfoliação na pele, atenuando as rugas, estimulando a renovação celular e a produção de colágeno.

Vitamina C

Vários estudos mostram os benefícios desse ativo no combate aos sinais de envelhecimento. Atuando no combate aos radicais livres, responsáveis envelhecimento, em alguns estudos a vitamina C também tem se mostrado eficaz no estímulo da produção de colágeno, combatendo as linhas finas.

Vitamina E

A vitamina E atua como anti-oxidante protegendo e regenerando as camadas da pele. Sua principal ação está na capacidade de impedir a oxidação dos lipídeos insaturados presentes na pele, retardando, assim, o processo de envelhecimento. Vale destacar o efeito umectante, a ação benéfica em lesões provocadas pela radiação ultravioleta, a ação protetora contra a fotossensibilidade, a redução da lipoperoxidase, ação anti-inflamatória e hipoalergênica. Propicia a regeneração cutânea, previne a formação de rugas e manchas senis, mantendo a pele esticada e elástica.

Ácido Hialurônico

O Ácido Hialurônico é uma molécula já presente no organismo, responsável por atrair e reter a água ao seu redor, dando mais viço, firmeza e textura homogênea à pele. Mas, após os 25 anos, a quantidade dele no organismo começa a diminuir e os primeiros sinais de envelhecimento, como rugas e ressecamento, começam a aparecer. Os produtos que contém ácido hialurônico na sua fórmula ajudam a reter água e deixar sua pele sempre jovem.

Para potencializar o tratamento, procure outros fatores antioxidantes na fórmula, como vitamina C e A, que retardam a degradação das células.

Niacinamida ou vitamina B3

Em peles jovens a vitamina B3 hidrata e deixa a pele mais firme, já nas peles maduras ela combate as manchas e linhas finas. “A vitamina B3 tem destaque porque ela é indicada para qualquer tipo de pele, inclusive as mais sensíveis”.

Quais os melhores ativos para cada faixa etária?

Dos 20 aos 30 anos, o ideal é se prevenir com hidratantes à base de vitaminas C e E, ácido hialurônico, ômegas 3 e 6, extratos de frutas, antioxidantes (polifenóis, ácido ferúlico e coffeeberry), anti-inflamatórios (extratos de plantas e algas, complexos que agem no DNA), ácido glicólico e retinol.

Dos 30 aos 40, as fórmulas devem ter esses mesmos agentes, mais os peptídeos, ativos antiglicação (como carnosina) e ácidos hialurônico e retinoico. 

Dos 40 aos 50, é a hora de resgatar a firmeza e combater as manchas, associando o uso de antioxidantes a ativos despigmentantes (hidroquinona, ácido kójico, licorice), ácido retinoico e ingredientes revitalizantes, como orquídea, células-tronco vegetais e vitamina C. Dos 50 em diante, o desafio é resgatar a densidade investindo nos mesmos ativos da faixa dos 40 anos, acrescidos de extrato de soja e ácidos graxos essenciais.

Inspiração: Arranjos Florais