"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Bem Vestida, sem gastar muito!

Muitas mulheres acreditam que para conquistar um visual elegante é preciso fazer um investimento alto em roupas e acessórios. Mas, isso não é verdade! É possível estar sempre bem vestida sem gastar muito dinheiro. Para isso, é importante ter bom gosto na hora de escolher e combinar as peças, independente do preço delas! Algumas dicas são valiosas para fazer uma boa economia e acertar no estilo:

1)   Lista de Compras: Uma dica de organização que faz toda a diferença na economia: relacionar em um papel as peças que você realmente precisa adquirir. Este simples ato de anotar gera uma reflexão sobre as prioridades do seu guarda-roupa. Muitas mulheres acabam comprando coisas que não precisam e continuam precisando de outras. Por isso, ao ir ao shopping,  é importante se ater aos itens da lista para comprar apenas o necessário.



2)   Garimpar nas lojas de departamentos e outlets: 

As lojas de departamento estão recheadas de tendências da moda a preços populares. Além disso, as grandes redes de fast-fashions costumam fazer parcerias com estilistas e marcas renomadas, tornando possível a compra de peças assinadas com um preço muito justo. Os outlets são shoppings com lojas em liquidação, onde é possível encontrar peças de coleções passadas, mas que ainda serão úteis com um ótimo desconto. 
Mas, para fazer boas compras é preciso ir a estas lojas com muita paciência, tempo e criatividade. Nada de comprar por impulso e sem experimentar. É preciso avaliar bem cada peça de roupa, verificar a qualidade do acabamento e se tem um bom caimento no corpo antes de levar para casa. Também é importante pensar se aquela roupa combinará com as que você já tem no guarda-roupa.


3)   Achados em bazares e brechós:

Sim, é possível encontrar peças usadas lindas e em excelente estado de conservação. Mais uma vez, é preciso ter paciência para garimpar. Além disso, é uma ótima solução para se desfazer de peças que estão sem uso no seu guarda-roupa e descolar um dinheirinho ou simplesmente fazer o bem em bazares beneficentes.

4)   Peças básicas: 

Não é preciso um guarda-roupa lotado de roupas estampadas e peças da moda, que enjoam facilmente e não combinam entre si. O ideal é ter peças básicas em cores neutras, modelagens clássicas e com poucos detalhes, como blazer, camisa branca, calça de alfaiataria e vestido preto. Bastam poucas peças de roupa que permitem inúmeras possibilidades de produções, não saem de moda e te deixarão sempre elegante.


5)   Acessórios: 
Os acessórios tem o poder de transformar o look, criam um visual de impacto e custam bem menos que uma peça de roupa. Assim, em vez de sempre querer comprar uma roupa nova, invista em um belo colar ou lenço e dê uma cara totalmente nova à sua roupa antiga. Muito mais inteligente, criativo e econômico!


6)   Conhecer seu estilo e tipo físico: 

Quando você sabe o que valoriza o seu corpo e combina com seu estilo, fica muito mais se vestir bem. Para aprender mais sobre você, vale a pena contratar a ajuda de um Consultor de Imagem. Esse profissional, irá orientá-lo na escolha das melhores peças, ensinará a fazer combinações, aproveitará as peças que estão encostadas no seu guarda-roupa e te ensinará a evitar as compras por impulso e os gastos desnecessários.

Fonte: www.aninhamiranda,com


0 comentários: