"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Decorando com VERMELHO!


Em termos decorativos confere calor e aconchego, mas também pode ser romântico e sensual. Considerada a cor da ambição, pode ser muito ambicioso incorporar esta cor num qualquer ambiente, mas não é impossível.

O uso do vermelho pode servir para criar ambientes muito distintos: tanto pode ser jovem – combinando riscas vermelhas e brancas num quarto de adolescente, por exemplo; como pode ser elegante, ao ser conjugado com preto e motivos clássicos como os adamascados ou paisleys numa sala de jantar clássica. Por isso, antes de aplicar a cor vermelha dentro de portas, saiba que tipo de ambiente pretende conseguir com a utilização deste tom.

Familiarize-se com cada uma das tonalidades de vermelho existentes – desde os tons mais frescos como o vermelho-tijolo ou cereja, até aos mais quentes (escarlate ou bordeaux), haverá certamente algum que é perfeito para o seu espaço.

Visualmente, o vermelho combina com muitas cores: está naturalmente associado ao verde em termos de decoração natalícia; pode ser conjugado com azul e branco para reproduzir um ambiente de inspiração náutica; juntamente com o laranja e o castanho cria um visual muito aconchegante; com cinzento e marfim produz uma paleta contemporânea; com o bege e o amarelo para um look mais rústico… 


Utilizar pequenos apontamentos de vermelho – vasos, esculturas, arte, passepartouts – num determinado espaço ajuda a defini-lo em vez de o sobrecarregar. Não se esqueça, mesmo em doses pequenas, o vermelho tem um impacto enorme.

Pintar as quatro paredes de um espaço em vermelho pode ser excessivo e, se este não for muito amplo, pode tornar a divisão mais pequena. Porém, se optar por pintar apenas uma parede, a coluna da lareira ou o espaço que acompanha as escadas até ao segundo andar, o efeito será igualmente sedutor, criando um novo ponto de interesse.

Venceu o medo e decidiu pintar uma divisão toda vermelha? Pense nesta sugestão: ao pintar as paredes, vá mais longe e pinte também os rodatectos. Assim, em vez de ter uma moldura branca a competir com uma cor tão forte, os olhos vão contemplar antes a restante decoração.

Se pintar estiver fora de questão, pode ainda incorporar o vermelho nas paredes de casa de outras formas criativas: utilizando autocolantes, stencils ou papel de parede.

A casa de banho é um excelente espaço para incluir o vermelho, quer através de azulejos, papel de parede, acessórios luxuosos como tapetes ou toalhas de banho encarnadas.


A cozinha, com alguns azulejos vermelhos ou uma placa anti-salpicos encarnada dará um ar “picante” a este espaço de refeições. Se quiser ir mais longe, escolha armários vermelhos ou então em dois tons, os de cima podem ser brancos e os de baixo vermelhos … mas atenção, esta cor parece aguçar o apetite!

A decoração com tecidos – colchas, mantas, almofadas, capas de sofá – em tons de vermelho liso ou com motivos encarnados é a forma mais simples de experimentar e adicionar esta cor a um espaço, sem ser exagerado. Ao escolher têxteis com padrões e motivos vermelhos, pode manter o resto do ambiente neutro, de forma a criar um contraste harmonioso.


0 comentários: