"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Dicas para usar cinto a favor da silhueta


Os acessórios fazem a diferença em qualquer look e com os cintos não é diferente. Mas foi-se o tempo em que o acessório servia somente para segurar a calça ou deixar o short no lugar. Os cintos são um excelente complemento para as roupas, principalmente para uma peça que transita por todas as estações do ano, o vestido. Sempre muito feminino, ele pode ganhar um charme extra com a cintura marcada.

Usar vestido com cinto também é uma parceria que dá certo e uma ótima opção para modificar o visual daquele vestido que você adora e ainda serve de truque para disfarçar as gordurinhas e valorizar as formas do corpo.

Todos os tipos de vestidos combinam com o cinto, desde que não crie volumes que marquem o corpo e destaque as imperfeições, principalmente na barriga e nas costas. Vale apostar no cinto grosso, fino, faixa, lenço, em cores e texturas diferentes, com fivelas, metais, aplicações e detalhes.


Como usar cintos fininhos:


Modelos fininhos são os atuais queridinhos das famosas, que os usam para marcar a cintura em vestidos longos ou longuetes ou em versões coloridas para dar mais graça ao visual, como fez Claire Danes. Quanto aos cintos mais finos, é importante optar por tecidos mais estruturados ou cintas usadas por baixo da roupa caso o peso esteja além do ideal. Em caso de donas de seios grandes, caso o vestido não seja de um tecido mais firme, o cinto tende a sumir no meio do tecido.

Mais grossinhos e sem fivela:

Hit no hemisfério norte são os modelos intermediários quanto à espessura istas quanto ao estilo; sem fivelas aparentes. Estes modelos são fáceis de usar e são companhias perfeitas para saias rodadas e pepluns. O modelo com cerca de três centímetros de espessura ainda arremata com firmeza o casaco usado como vestido.

Cintos grossos ou corsets que ficam abaixo do busto:



Se você está bastante acima do peso, evite os modelos mais grossos, já que eles podem forçar a barra e fazer parecer que a dona do look mal consegue respirar. Também vale optar por vestidos com saias mais soltas, como as de Salma Hayek, Jessica Chastain e Kelly Osbourne. 

Cinto e calça:




Esqueça – pelo menos durante esta temporada – os cintos largos para usar sob os passadores de calças. Com a queda do visual “cowgirl”, com direito a fivelas extravagantes ou do “rocker”, com cintos com tachas usados abaixo da cintura, vale optar pela discrição de modelos delicados. A Princesa Letizia, da Espanha, e a atriz Sami Gayle optaram por versões de tons próximos às da roupa. O resultado é harmônico e fácil de usar. Já Anna Dello Russo, brincou com um dos tons da estampa da camisa e usou um modelo mais aparente. Vale também. Usado com uma calça de cintura um pouco mais alta, o cinto ajuda a alongar as pernas.

Macacão acinturado:

O casamento entre macacões e cintos é perfeito. O acessório marca a altura da cintura, alonga as pernas e ainda dá graça ao visual. Note que nas produções eleitas, colares e brincos grandes foram dispensados. Melhor usar acessórios mais extravagantes nas mãos e braços.

Cinto em looks de festa:



Dificilmente um cinto de couro usado no dia-a-dia fará uma boa companhia a um vestido longo, de festa. Melhor optar por versões de tecidos nobres ou metalizados. No caso de Rooney Mara, o couro serviu para brincar de contraste com a delicadeza da renda. Funcionou, mas note que o cinto é super simples, sem fivela ou qualquer outro adereço. Nos outros looks, as peças serviram para marcar a cintura e dar mais graça ao look. Looks festa acinturados ainda são dignos de tapete vermelho, mas são um pouco mais descontraídos do que os visuais não acinturados.

Fonte: Site IG


1 comentários:

Raquel Costa Ventura disse...

Adoooro cintos na cintura, marca e deixa o look mais feminino!! beijoos

www.virtuosissima.com