"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Dicas para cuidar do cabelo..Um calendário para te ajudar!


Se você quer ter cabelo de capa de revista o ano inteiro, precisa saber a hora exata de tingir, cortar e tratar seus fios. A seguir, a agenda, mês a mês, das mechas saudáveis, brilhantes, lindas, perfeitas!

 FEVEREIRO

É dada a largada para a operação resgate dos fios saudáveis e com brilho.

SEMANA 1

Trate com carinho:

Comece o mês com uma hidratação que vai deixar na cabeça só as lembranças boas do verão (não fios ásperos, sem vitalidade e maciez). "Por mais que você se esforce, não adianta: a exposição ao sol acaba roubando parte do brilho, da textura e da força do cabelo", diz Cesar Augusto, hairstylist do salão Mirage Três Figueiras, em Porto Alegre. "A bola da vez para as hidratações são os óleos naturais, como de argan, uva ou pracaxi." O resultado pode durar até 30 dias (oba!) se você prometer fazer a manutenção em casa direitinho.

SEMANA 2

Renove a cor:

Já faz dois meses que você coloriu os fios, que, em média, crescem 2 centímetros por mês. A menos que seja adepta da tendência ombré hair (moda da estação passada que era ótima para justificar raízes de até 6 centímetros!), já é hora de retocar a cor, realçar a tonalidade, acender o brilho ou corrigir algum possível desbotamento. "Tingir novamente, no meio do verão, nem sempre é o mais indicado", avisa Wanda Alves, hairstylist de São Paulo. "Tonalizar é uma boa opção. O produto, sem amônia, agride menos que a tintura permanente." Os ativos mais importantes, nesse caso, são silicones, aminoácidos, queratina e colágeno. Embora o objetivo principal não seja tratar, eles protegem o cabelo enquanto o pigmento penetra. Se vai pintar em casa, escolha uma cor o mais próximo possível da sua e respeite estritamente as indicações do fabricante.

SEMANA 3

Proteja um pouco mais:

O melhor amigo do seu cabelo é o leave-in, sabia? Sem enxágue, deve ser usado no cabelo úmido logo após as lavagens. "Seu efeito é duradouro e, por esse motivo, protege e nutre continuamente", diz Luciana Alves. Existe um tipo específico para fios lisos, outros que protegem contra danos externos como secador e luz solar, para manter a forma dos crespos e ondulados... O importante é que a fórmula seja leve e não pese. "Use a quantidade equivalente a uma moeda de 10 centavos. Espalhe pelo comprimento do cabelo úmido, massageando." O leave-in deve ser usado por todos os tipos de cabelo. "Mas os que merecem cuidado extra são os quimicamente tratados, pois ficam mais rebeldes."

SEMANA 4

Corte com coragem:

Faz o sinal da cruz só de pensar em tirar as pontas dos fios? Tinha planos de começar 2012 com madeixas mais longas que seu extrato do cartão de crédito? Ainda assim, se quer continuar a ser a estrela da estação, vai precisar encarar a tesoura. "Não precisa mudar o comprimento, basta repicar, que toda a parte danificada vai embora", diz Marco Antônio de Biaggi. "Aos poucos, a mulher brasileira está aderindo aos curtos, geométricos e com base mais reta, para dar volume. Os cortes desfiados serão as estrelas do alto verão", diz Celso Kamura. E ele ainda indica o prazo máximo para corte: a cada dois ou três meses. Se você tinge ou alisa demais e as madeixas estão muito danificadas, precisa aparar o suficiente para retomar o volume ideal. As pontas jamais podem ficar ralas. Entendeu?

Aguardem as dicas para março!

Fonte: revista Nova

0 comentários: