"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Renda-se ao corte ‘Bob’



Bob é o nome do inverno 2011. E não se trata de um novo artista, filme ou jogo. Mas sim de um corte de cabelo. O estilo que lembra o tradicional Chanel conquistou famosas e anônimas em todo o mundo, deixando para trás o conceito brasileiro de que dias frios pedem madeixas longas.

“O corte Bob é a grande tendência deste inverno. Existem muitos fatores que valorizam a sua escolha, já que apesar de estarmos no frio, o cabelo mais curto acaba sendo buscado pela facilidade com o uso de gorros, cachecóis e casacos. A ideia de que o cabelo esquenta é ultrapassada. Quanto mais curto, melhor, e a palavra de ordem é ousar. O corte Bob é sinônimo de glamour e elegância”, diz o hairstylist Jeferson Ribeiro, do Jacques Janine da Rua Augusta, em São Paulo.

A diferença do Bob para o Chanel está no fato de que o primeiro é mais comprido na frente e mais curto na parte de atrás, formando aquelas charmosas pontas em direção ao rosto. Mas assim como seu irmão mais famoso, ele também pode variar o comprimento: começando da altura da orelha até os ombros. Nesta versão mais comprida, o corte recebeu recentemente o nome de Lob, ou a abreviação de Long Bob. “É um corte versátil e que pode agradar a quase todas”, fala o hairstylist.





Quem aposta nesta tendência

Moda em todo o mundo, com representantes de peso como Jennifer Aniston e Keira Knightley lá fora e Camila Pitanga no Brasil, o corte fica em diferentes tipos de rosto e diferentes texturas de fios. Mas Jeferson alerta que as mulheres com cabelo muito crespo podem virar ‘escravas da escova’.

“A diminuição do comprimento pode aumentar muito o volume em texturas mais espessas. Por isso, deve-se considerar fazer mais escovas quando o corte for adotado por mulheres de cabelo crespo. A Camila Pitanga, apesar de ter o cabelo ondulado, não apresenta uma textura extremamente crespa, daí a leveza e naturalidade de seus cachos”, explica.






Tipos de corte Bob


Por outro lado, Jeferson diz que quem tem cabelos muito finos e quer entrar na moda do Bob deve fazer um corte em camadas para ganhar peso. “As mulheres com rosto mais redondo devem optar pelo corte Bob mais comprido, até os ombros. Já quem tem rosto mais comprido deve optar por um Bob até o queixo”, ensina o cabeleireiro.

O corte Bob também pode variar ganhando uma franja. Neste caso, ele é super indicado para as mulheres mais velhas, segundo Jeferson. “O Bob com franja fica ótimo para mulheres mais velhas, que querem ‘perder’ alguns anos, pois ele remoça. O ideal é deixar a franja desfiada para dar elegância e afinar o rosto, ou em linha reta até as sobrancelhas para as testas maiores”, opina.

Outra vantagem do corte que o fez cair no gosto de tantas famosas é a sua versatilidade. Cada dia a pessoa pode usar um penteado diferente. “Versátil e prático, o corte já muda na divisão da frente, que pode ser ao centro, em zigue-zague ou de lado”, diz Jeferson, que continua: “O liso total é perfeito para alargar o rosto, já o levemente ondulado, com a raiz lisa, é ideal para suavizar as feições. Ao criar volume na parte inferior, as mandíbulas parecem mais estreitas, enquanto a raiz lisa afinar as testas largas e compridas”.










Fonte: Site Terra

0 comentários: