"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Acerte na hora de Comprar

Saber comprar itens de moda é uma virtude! Confira dicas para montar um guarda-roupa variado e funcional


Cores

Avalie seu guarda-roupa com atenção: 70% de suas peças devem ser neutras, principalmente as clássicas, que são fáceis de combinar. Se quiser investir em cor, gaste com blusas de malha e de tricô, pois elas combinam facilmente com peças neutras.

Acabamento

Compre roupas com a costura da barra reta e sem rugas. Nas calças, veja se o acabamento das pernas está igual. Também cheque se a costura do forro, que não pode aparecer, foi feita exatamente sobre a do tecido da peça.

Tamanho

Nunca compre uma roupa apertada achando que vai emagrecer. Aliás, nem pense em levar um item menor achando que fica melhor que o número certo! Ao vestir algo muito menor, as gordurinhas ficam mais evidentes. O contrário também vale: roupas muito largas deixam magras ainda mais magras.

Zíper e botão

A regra é clara: o zíper deve ser da mesma cor da peça. Se estiver emperrado, nem pense em adquirir a roupa! No caso dos botões, claro, dispense os feios, de má qualidade - eles acabam com a beleza de qualquer blusa ou calça. Se mesmo com botões em mau estado você não resistir, troque todos eles.

Provador

Abra os olhos, pois as lojas têm espelhos que emagrecem e iluminação capaz de distorcer o tom das roupas. Para ter certeza do que está levando, observe a peça fora do provador.

Calças de alfaiataria

Em uma peça de boa qualidade, os bolsos laterais não ficam repuxados (quando parecem estar abertos) e as costuras que escondem o zíper e as que acompanham o comprimento da perna ficam retas.

Blazers

Os ombros da roupa devem ficar alinhados com os seus e a curvatura da cintura precisa ficar sobre essa região do seu corpo. Lembre-se: o forro das mangas nunca pode aparecer e, no peito, o tecido não deve sobrar nem faltar.

Camisas

Se não for um modelo de ótima qualidade (com bom caimento, tecido macio, etc.), prefira as brancas ou as de cores claras. As camisas feitas com fios escuros, de material inferior, desbotam rapidamente e facilitam a fixação de pelos.

Tricô

Não se deixe enganar: antes de efetuar a compra, vire a peça do avesso e confira se não há nenhum fio repuxado. Muitas lojas camuflam o defeito e costuram os fios puxados por dentro da peça. Tudo isso para o consumidor não perceber que está adquirindo um produto "batizado".

Fique atenta na hora de comprar peças novas!



Acerte na compra!

- Na hora em que estiver no caixa, sabatine-se: esta roupa combina com meu estilo? Favorece meu corpo? Vou usá-la bastante? Caso atenda aos três quesitos, compre-a mesmo que se trate de um modismo. "A moda é cíclica: vai e volta. A peça pode não estar em alta no próximo inverno, mas voltará a ser sucesso no futuro", ensina a consultora de imagem Alana Alves.

- Mergulhe em seu armário antes de ir às compras e veja o que realmente precisa adquirir. Assim, comprará apenas o necessário e não correrá o risco de escolher uma peça que não combine com seus outros itens. O ideal é ter roupas que combinem com diversos looks.

Faça seu dinheiro render

Em alguns itens, acredite, compensa gastar um pouco a mais. Saiba quais são os modelos que valem o investimento

Peças clássicas
Exigem caimento perfeito e boa qualidade. Exemplos: calça de alfaiataria, blazer e camisa branca.

Roupas que impressionam
"Gaste se for para marcar presença num evento importante", diz Alana. Impressionar o chefe numa festa da empresa pode ser uma boa.

Bolsas e acessórios
Renovam os looks e têm vida longa. "Para fazer seus calçados durarem mais, vá ao sapateiro e peça para ele colar meia-sola de borracha na parte da frente do sapato", aconselha Alana.

Fonte: Portal M de Mulher

0 comentários: